A Saw Palmetto, de nome botânico Sabal serrulatum é uma espécie de palmeira originária da América do Norte, cujo o extrato é utilizado há centenas de anos para tratamento de problemas urinários.

Recentemente a Saw Palmetto tem sido muito utilizada também para o tratamento da calvície, principalmente a originada pela alopecia androgenética.

Mas de fato, há evidências acerca da efetividade da Saw Palmetto no tratamento da calvicie? Nos acompanhe na leitura e confira!

 

Qual o mecanismo de ação da Saw Palmetto?

 

Para entendermos o mecanismo de ação da Saw Palmetto, é importante entendermos um pouco mais sobre a alopecia androgenética ou calvície.

A alopecia androgenética é uma doença genética ocasionada pela alteração nos receptores de DHT (dihidrotestosterona), o DHT é formado por ação da enzima 5-alfa redutase.

O DHT é o hormônio presente nos folículos, que é responsável pelo crescimento dos fios.

Quando ocorre a ligação do DHT aos receptores alterados geneticamente, ocorre o afinamento dos fios de forma progressiva, até que eles desapareçam totalmente da região no couro cabeludo.

Quando a Saw Palmetto é utilizada, acredita-se que ela atue como um bloqueador do DHT, inibindo a ação da enzima 5-alfa redutase.

Dessa forma a conversão de testosterona em DHT por essa enzima seria reduzida, diminuindo o impacto sobre os folículos pilosos.

 

Como a Saw Palmetto é utilizada?

 

As substâncias utilizadas da Saw Palmetto são extraídas de seus pequenos frutos, que contém propriedades anti-inflamatórias e antiandrogênicas.

A Saw Palmetto é obtida em pó, chá, loção ou cápsulas.

 

Uma a duas cápsulas ao dia

Uma colher de opa de chá em um copo de água, duas vezes ao dia

Aplicada diretamente no couro cabeludo diretamente nas áreas de queda de cabelo, com os cabelos limpos e secos

 

Devo utilizar a Saw Palmetto para tratar a calvície?

 

Há poucas pesquisas que embasam a utilização da Saw Palmetto para tratamento da calvície.

Existe apenas um estudo realizado, porém os resultados são subjetivos e com isso não há nenhum tipo de eficácia comprovada cientificamente, que justifique a utilização da Saw Palmetto para o tratamento da alopecia androgenética.

Além disso, o uso da Saw Palmetto também pode gerar efeitos colaterais como dores de cabeça, náusea, diarreia, tontura e pode ainda afetar a absorção de ferro por conter taninos em sua composição.

 

Em casos de calvície a principal recomendação é procurar um médico dermatologista, que é a especialidade adequada para tratar da saúde capilar.

Apenas o dermatologista é capaz de avaliar cada paciente, e de acordo com o exame clínico realizado estabelecer um diagnóstico assertivo.

A partir do diagnóstico o médico irá prescrever a opção de tratamento mais efetiva para cada paciente.

Utilizar produtos de origem natural para fins terapêuticos pode parecer uma alternativa saudável e inofensiva, mas mesmo produtos naturais requerem cautela em seu uso, e ainda não há total garantia sobre os efeitos obtidos.

 

Se você gostou desse conteúdo acompanhe nosso blog e fique por dentro de outros assuntos relacionados ao tema.

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *