A rarefação na parte anterior do couro cabeludo ou falta de cabelo na frente do couro, é uma característica da alopecia androgenética e pode ser contornada por meio do transplante capilar.

Nos acompanhe na leitura e saiba como o transplante capilar pode tratar a calvície e resolver o problema das famosas “entradas”.

Tratando a queda de cabelo com transplante capilar

A queda de cabelo e a calvície é um problema que afeta a autoestima de um grande número de pessoas.

Produzindo um sentimento de insegurança, inferioridade e insatisfação com sua imagem pessoal.

Para tratar a queda de cabelo, seja ela causada por calvície androgenética ou até mesmo por condições de traumas sofridos na região do couro cabeludo, o transplante capilar é a melhor e mais eficiente alternativa.

Isso porque o procedimento de transplante capilar evoluiu muito ao longo dos últimos anos, e as técnicas para a realização do procedimento também mudaram.

Hoje pacientes que possuem até mesmo graus elevados de calvície conseguem ter seus cabelos de volta através do procedimento de transplante.

Além disso o transplante é um procedimento que não causa dor, e possui altas taxas de sucesso.

Transplante capilar na região frontal (entradas)

O principal motivo de queixa dos pacientes que procuram clínicas de transplante capilar é o desejo de se livrar das famosas entradas.

As entradas são o termo popular, dado as rarefações provocadas pela calvície que ocorrem na parte anterior do couro cabeludo.

Então essas rarefações podem ser causadas tanto pela calvície, quanto por situações de trauma na região do couro cabeludo.

Traumas como por exemplo queimaduras, ou ainda trações que tenham abalado a estrutura do folículo capilar e o estejam impedindo de produzir novos fios, ocasionando a falta de cabelo.

O transplante capilar é realizado nessa região a partir da retirada de folículos capilares de outros locais, podendo ser da própria cabeça ou ainda de outras regiões do corpo.

Após retirados, os folículos capilares serão transplantados para a região frontal da cabeça, nas áreas afetadas pela calvície.

Após o procedimento de transplante, os fios naturalmente vão cair, pois o objetivo não é o aproveitamento do fio, mas sim do folículo capilar.

O folículo capilar iniciará então a produção de novos fios de cabelo, uma vez realizado o procedimento, os fios transplantados não voltarão a cair, ou seja, o procedimento é permanente.

Espera-se que os fios cresçam de forma equilibrada em um período total de 12 meses.

Após a cicatrização completa do couro cabeludo, o resultado final do transplante é natural, e com estética agradável.

E o paciente não precisa se preocupar com a recorrência da calvície, visto que o transplante foi realizado a partir de regiões que não são afetadas pelo hormônio DHT.

Por isso cada vez mais pessoas tem partido em busca de transplantes capilares, para solucionar de forma definitiva os problemas causados pela calvície.

Com o apoio de um profissional devidamente qualificado e preparado, é possível ter de volta seus cabelos com aspecto natural e saudável.

Quer mais informações a respeito de transplante capilar?

Entre em contato conosco através de um dos nossos canais de atendimento disponíveis em nosso site, será um prazer apoiá-lo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *