O MMP é um método de tratamento capilar indicado para pacientes que possuem alopecia (calvície), ou que estão com fios de cabelos enfraquecidos e quebradiços.

A microinfusão de medicamento na pele é um procedimento que só pode ser realizado por um médico especialista, pois apenas o dermatologista poderá determinar quais os medicamentos ideais de acordo com o diagnóstico de cada paciente.

Nos acompanhe na leitura e conheça mais sobre o MMP Capilar e seus benefícios.

 

Como é feito o MMP Capilar?

 

O MMP Capilar é um procedimento semelhante a um microagulhamento, onde o especialista irá utilizar um aparelho próprio para realizar os microfuros no couro cabeludo, e injetar os medicamentos nas regiões a serem tratadas.

Através de um movimento de vai e vem o dispositivo vai realizando os microfuros com uma profundidade controlada.

É um procedimento não invasivo, que por meio da sua ação traz excelentes resultados otimizando o tratamento.

O médico deve guiar o tratamento de forma individualizada conforme as necessidades de cada paciente.

Entre os ativos utilizados para a microinfusão estão algumas vitaminas, fatores de crescimento e bloqueadores enzimáticos.

As agulhas do dispositivo são imersas nos medicamentos estéreis, e em seguida são infiltrados no couro cabeludo do paciente por meio do microagulhamento.

O procedimento pode ser realizado tanto por homens quanto mulheres, não sendo indicado para gestantes e lactantes.

 

Benefícios do MMP

 

Como falamos anteriormente o MMP potencializa a eficácia dos medicamentos utilizados, pois faz a aplicação diretamente na região de tratamento.

Mas além disso, o MMP também proporciona outros benefícios ao paciente, pois graças ao processo de microagulhamento capilar há um estimulo do metabolismo do couro cabeludo.

Ao mesmo tempo que ocorre a liberação de fatores de crescimento, o que atua como mais agente potencializador dos resultados do procedimento.

Quando o MMP é utilizado em conjunto com outros tipos de tratamento capilar, é possível observar resultados ainda mais satisfatórios.

 

Cuidados necessários após a realização do MMP

 

Apesar de ser um procedimento considerado não invasivo, o MMP requer alguns cuidados após a realização do procedimento para garantir uma recuperação adequada, e obter todos os benefícios proporcionados pela técnica.

Como a microinfusão dos medicamentos ocorre por meio de microlesões no couro cabeludo, é esperado que o paciente apresenta um leve sangramento.

Além disso é possível que o paciente também apresente inchaço, vermelhidão e em alguns casos pequenas crostas na região que foi submetida ao tratamento.

No dia em que o MMP for realizado não é recomendado lavar o cabelo, sendo indicado aguardar o dia seguinte para realizar a higienização como de costume.

O shampoo utilizado pode ser o mesmo que o paciente utiliza normalmente, deve-se ter atenção apenas se o produto causar algum tipo de desconforto como ardência por exemplo.

Não se expor ao sol em até 3 dias após a realização do MMP, pois este é o período de processo inflamatório e a exposição solar pode prejudicar o tratamento.

Caso o paciente faça uso de pomadas, loções, cremes ou shampoos para queda de cabelos é preciso suspender o uso por cerca de 48 horas após a realização do MMP.

 

O MMP é uma excelente opção para compor o protocolo de tratamento para calvície, apresentando excelentes resultados.

Mas é importante que o paciente procure por um especialista na área para realizar o procedimento, pois é necessário entender quais as demandas especificas de cada paciente, para a partir daí determinar quais serão os medicamentos utilizados na microinfusão.

 

Se você gostou desse tema, acompanhe nosso blog e confira outros conteúdos exclusivos sobre tratamentos para calvície.

Nos vemos na próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *