Uma pessoa com os cabelos saudáveis pode perder em média de 50 a 150 fios por dia, uma queda totalmente normal que não caracteriza nenhum problema.

Porém quando a queda é superior a essa quantidade, ou há falhas aparentes no couro cabelo e ainda perda de densidade capilar, é sinal de alerta.

Ao longo desse artigo vamos falar mais sobre a queda de cabelo e alguns sinais importantes que indicam que já é hora de ir ao dermatologista, nos acompanhe na leitura!

 

Quais as causas da queda de cabelo?

 

Como falamos no início, a queda de cabelo é um processo natural, e que ocorre em todas as pessoas.

Em períodos mais frios do ano por exemplo, é possível observar uma intensificação nessa queda, que ocorre devido a menor irrigação da raiz dos fios por nutrientes e sangue.

Porém há momentos em que a queda de cabelo pode se tornar mais intensa, e isso pode ser sinal de algum problema com a saúde capilar.

Entre as principais causas de queda de cabelo estão:

 

Sinais de alerta, que já é a hora de ir ao dermatologista

 

A queda de cabelo de forma intensa sempre deve ser avaliada por um médico especialista.

O dermatologista é o médico indicado para tratar problemas relacionados a saúde capilar.

É sempre importante estar atento há alguns sinais que acompanham a queda de cabelo e podem indicar algum problema maior, confira abaixo quais são:

 

– Queda de cabelo acompanhada de alteração no peso

A queda de cabelo acompanhada de alterações no peso pode estar relacionada a problemas hormonais e metabólicos.

Nesse caso o dermatologista irá avaliar, e caso seja necessário encaminhará o paciente para tratamento conjunto junto a um endocrinologista por exemplo.

– Queda de cabelo acompanhada de aumento da oleosidade dos fios e da pele

A queda de cabelo acompanhada do aumento da oleosidade dos cabelos e pele, pode ser um indicativo de disfunções hormonais ou síndrome do ovário policístico.

A SOP (síndrome do ovário policístico) resulta na produção excessiva de testosterona (hormônio masculino), que leva a uma queda acentuada dos fios de cabelo e aumento da oleosidade.

 

– Queda de cabelo acompanhada de mudanças no padrão de sono

Quando ocorre a queda de cabelo acompanhada de mudanças no padrão de sono, pode ser um indicativo de hipotireoidismo.

O hipotireoidismo ocorre quando a glândula tireoide não produz o hormônio da tireoide em quantidades adequadas.

Nesses casos o dermatologista irá tratar a queda de cabelo em conjunto com um endocrinologista.

 

– Queda de cabelo acompanhada de perda drástica de peso

Quando a queda de cabelo ocorre acompanhada de perda drástica de peso, é sinal de que pode haver algum tipo de desequilíbrio hormonal ou ainda deficiência nutricional.

As vitaminas do complexo B por exemplo são essenciais para a saúde do couro cabeludo, e a deficiência delas no organismo pode levar a queda intensa de cabelos.

O ferro também é um importante mineral para a saúde dos cabelos, pois atua na oxigenação dos folículos capilares, e sua deficiência no organismo pode levar ao enfraquecimento e queda dos fios.

 

Diversos fatores podem levar a queda de cabelo, por isso ao menor sinal de queda intensa, falhas no couro cabeludo ou doenças capilares é importante procurar um dermatologista.

O dermatologista é o médico especializado nos cuidados com o couro cabeludo e os fios de cabelo, e é o profissional adequado para estabelecer o diagnóstico e melhor opção de tratamento.

>> Agenda uma consulta

Esperamos que tenha gostado desse conteúdo!

Acompanhe nosso blog e fique por dentro de outros assuntos relacionados ao tema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *