Ninguém imagina que um pequeno desconforto no couro cabeludo pode ser uma doença que requer auxílio médico e tratamento adequado. Muitas vezes, não nos preocupamos adequadamente e deixamos passar e, quando menos se espera, a doença evolui e traz consequências ruins, afetando não só a estética, mas principalmente a saúde.

Cuidar adequadamente dos cabelos vai muito além de uma questão estética, de deixar os cabelos bonitos e vistosos, é principalmente um olhar para a saúde. Neste texto vamos ver as principais doenças do couro cabeludo que você precisa ficar atento. Acompanhe!

 

Confira abaixo uma lista com cinco doenças do couro cabeludo

1- Dermatite Seborreica

Provavelmente você conhece como caspa. O couro cabeludo quando possui uma oleosidade excessiva, também chamada de seborreia, produz uma descamação que pode ser fina (produzindo escamas que lembram polvilho) ou intensa (havendo a formação de crostas). Pode existir inflamação, gerando desconforto, sensibilidade e vermelhidão.

2- Psoríase

Essa doença tem causa genética, sendo uma doença de pele que aparece com mais frequência em cotovelos e joelhos, mas em alguns casos, afeta também o couro cabeludo e muitas vezes é confundida com a dermatite seborreica. Há uma descamação esbranquiçada, sendo intensa, seca e aderente, ultrapassando os limites do couro cabeludo.

3- Alopecia Areata

É uma doença autoimune, onde o corpo reconhece as próprias células como inimigas, destruindo-as. Podem existir perda de cabelos e também todos os fios do corpo, afetando além dos cabelos, os pelos da barba, das sobrancelhas e dos cílios. Pode gerar ainda outros problemas de pele, como o vitiligo e até alterações da tireoide.

4- Tinha do Couro cabeludo

Causada por diferentes fungos, essa doença provoca perda de cabelo localizada. Surgem placas que podem inflamar e infeccionar. O tratamento é simples, desde que seja diagnosticado precocemente. Por isso é importante procurar um médico especialista o quanto antes.

5- Eflúvio Telógeno

São diversas as causas dessa doença, onde acontece a queda ou desprendimento dos fios de forma significativa nessa fase, chamada telógena. Situações como: pós-parto, emagrecimento rápido, deficiências nutricionais, uso ou suspensão de anticoncepcional oral, doenças sistêmicas como

hipertireoidismo, lúpulos, uso de medicamentos, infecções prévias, estresse agudo. É importante saber que a perda de até 100 fios diários é considerado normal.

 

Um médico especialista pode te ajudar

É de extrema importância ter a preocupação em procurar auxílio médico para ter a certeza do que você tem. Não adianta nada achar que seu conhecido teve algo e usou determinado medicamento e solucionou e que você pode usar o mesmo medicamento. As pessoas são diferentes e as doenças que desenvolvem também.

Procurar um dermatologista ou tricologista é a melhor escolha a se fazer. Porque ao agendar uma consulta, o especialista analisará diversos fatores, encaminhará aos exames necessários e conseguirá recomendar os tratamentos mais adequados para a solução do caso.

Cada doença se manifesta de formas diferentes no organismo e só um profissional consegue fazer a avaliação de forma específica e certeira.

 

Desconforto capilar que não passa

E agora? Você deve estar se perguntando. Já tentou soluções caseiras, já fez simpatia, oração, promessa e nada adiantou. Aquele desconforto no couro cabeludo não passa de jeito algum. Começou com uma pequena coceira e agora só está piorando.

Aquilo que deveria ter feito desde o começo, não fez. Ficou esperando passar, que o tempo curaria, porque se apareceu, ia com certeza desaparecer. Só que não é bem assim que as coisas acontecem não. Há todo um motivo por esse problema estar evoluindo e você não se deu conta ainda. Veja um exemplo: se você leva um tombo, abre o joelho e ele está jorrando sangue, o que vai fazer? Vai procurar auxílio médico, certo?

Talvez precise de pontos, mas só o médico pode saber disso. Precisará de medicamentos, e outra vez, só o profissional de medicina conseguirá recomendar adequadamente isso. Então porque você não procura um dermatologista logo que algum incomodo surge no couro cabeludo? Entenda que, quanto antes fizer isso, menos grave ficará.

Independente do que esteja acontecendo no seu couro cabeludo: se está te incomodando, não está certo e nem é normal. Mudar essa visão pode te ajudar a manter a saúde capilar e fazer ainda mais por você. Isso porque temos como missão proporcionar o bem-estar a todos os nossos pacientes e é por isso que estamos aqui.

Caso precise, conte conosco. Teremos a maior satisfação em te receber aqui na Lion Derm Concept. E garantimos que esse desconforto vai passar.

Navegue em nosso blog e confira outros conteúdos excluvisos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *