A calvície precoce é uma condição que tem afetado cada vez mais jovens, estima-se que cerca de 25% dos jovens até 25 anos sofram com o problema atualmente.

A calvície é uma condição esperada que geralmente começa a apresentar sinais a partir da meia idade.

Porém quando se trata de calvície precoce é preciso identificar a causa do problema, e atuar no tratamento, evitando o agravamento da condição.

Ao longo desse artigo vamos explorar algumas das principais causas para a calvície precoce e os tratamentos disponíveis, confira conosco.

 

O que é a calvície precoce?

 

A calvície precoce é a perda de cabelos ou total ausência de pelos em determinada área da pele.

A queda de cabelos em jovens é caracterizada pela perda excessiva de fios de cabelo em indivíduos jovens, sejam do sexo masculino ou feminino.

Uma pessoa que não possui problemas de queda de cabelo pode perder de 120 a 150 fios de cabelo todos os dias.

Essa queda de cabelos é natural e faz parte do ciclo de desenvolvimento dos fios, então o problema da calvície precoce não é a queda do cabelo, que é um processo natural, mas sim a perda excessiva de cabelo.

De forma que surjam falhas no couro cabeludo em decorrência da queda.

 

Principais causas de queda de cabelo precoce

 

Mesmo em pessoas jovens, o fator genético pode ter relação com o surgimento de falhas no couro cabeludo, indicando que a pessoa provavelmente irá enfrentar um quadro mais severo no futuro, caso não opte por nenhum tratamento.

Porém, diferente da calvície genética (alopecia androgenética) na maioria dos casos a calvície ou surgimento de falhas em jovens não está relacionado só com o fator genético e sim com outras questões que acabam desencadeando o quadro, confira abaixo:

 

– Estresse e problemas emocionais

Problemas como ansiedade, depressão e estresse importante ou marcante podem causar o aumento exagerado da queda de cabelo, resultando em um quadro de eflúvio ou queda de cabelo.

Problemas emocionais afetam diversas áreas do corpo, e uma delas é o couro cabeludo, por isso, ao detectar um quadro de queda de cabelo precoce com causas emocionais, é preciso tratar as causas emocionais junto a um psicólogo, ou amenizar o quadro de estresse para que a queda excessiva se normalize.

 

– Medicamentos

Já nos casos de algumas drogas, pode haver uma antecipação da calvície.

Inclusive, algumas dessas medicações vem sendo amplamente utilizadas por pessoas jovens.

Como é o caso de anabolizantes, anticoncepcionais androgênicos e ansiolíticos, ambos causam alterações hormonais, sendo um dos efeitos colaterais a queda excessiva dos cabelos.

Nesses casos, é recomendado buscar ajuda médica para realizar a troca da medicação prescrita ou até mesmo a suspensão do uso.

 

– Dieta Inadequada

Uma das partes do nosso corpo, mais afetadas pela carência de vitaminas é o couro cabeludo.

Os fios de cabelo necessitam de nutrientes para se desenvolver e crescer fortes e saudáveis, caso a dieta esteja inadequada e pobre em nutrientes, os cabelos sentirão o reflexo disso.

Nesses casos, é importante efetuar ajustes dos hábitos alimentares e se necessário buscar ajuda com um nutricionista.


Tratamentos para a calvície precoce

 

Os tratamentos para a calvície precoce vão depender da causa, de qualquer forma é essencial passar pela avaliação de um dermatologista para determinar a causa da calvície precoce e estabelecer um diagnóstico.

No geral os tratamentos para calvície indicados são ajustes em relação aos hábitos alimentares, prática de exercícios físicos, mudança de medicações e apoio psicológico.

O dermatologista também pode prescrever o uso de medicações de uso tópico e oral, caso identifique que apenas com os ajustes das causas da calvície o paciente não consiga reestabelecer a quantidade de fios no couro cabeludo.

 

Para mais artigos como esse, navegue em nosso blog e confira conteúdos exclusivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *