Muitos homens sonham em eliminar a calvície e reconquistar sua autoestima através de um transplante capilar.

E de fato esse procedimento é um dos mais indicados para o tratamento efetivo contra a calvície.

Tem surgido em países da Europa, principalmente a Turquia um forte movimento de marketing para a divulgação de procedimentos realizados nesses países.

Entre os procedimentos realizados está o transplante capilar, clínicas estrangerias prometem resultados fantásticos a preços significativamente abaixo dos valores encontrados no Brasil.

Seduzidos pelo marketing, muitos brasileiros tem embarcado com destino a essas clínicas, para a realização de transplantes capilares as cegas, sem nenhum tipo de segurança ou garantias, apenas as promessas duvidosas.

E é justamente sobre os riscos da realização de transplante capilar em outros países que falaremos nesse artigo, nos acompanhe na leitura!

 

Afinal, quais os riscos de realizar um transplante capilar em clínicas estrangeiras?

 

Com um marketing intensivo e bem elaborado, clínicas estrangeiras de transplante capilar têm atraído cada vez mais pessoas no mundo todo, para a realização de procedimentos em suas instalações.

Com fotos de antes/depois, essas clínicas vendem a promessa de realização de transplantes capilares com os melhores especialistas do mundo.

O que não reflete a realidade, realizar transplante capilar em outros países além de arriscado não oferece nenhuma garantia ao paciente, que não terá a quem recorrer em caso de problemas.

O principal diferencial vendido por clínicas estrangeiras é o custo da cirurgia, que é consideravelmente menor do que o cobrado em clínicas brasileiras.

Porém os custos com translado, hospedagem, agentes e o próprio procedimento acabam no final, superando o valor de um transplante capilar seguro em solo brasileiro.

Mas as desvantagens não param por aí, confira os principais riscos de se submeter a esse tipo de procedimento em clínicas estrangeiras:

 

– Não há nenhum tipo de acompanhamento pós-operatório

O transplante capilar é um tratamento cirúrgico que requer extensa habilidade por parte do médico cirurgião, além de ser um procedimento minucioso e detalhado.

Com o avanço das técnicas de transplante, o paciente obtém alta no mesmo dia da operação, porém mesmo assim é preciso que o paciente tenha um acompanhamento adequado no pós-operatório.

Os fios definitivos podem levar até 18 meses para serem estabelecidos, e durante esse período é necessário permanecer em acompanhamento médico para garantir o crescimento saudável dos folículos.

Em clínicas estrangerias esse acompanhamento não ocorre, visto que os pacientes  embarcam já com data marcada para voltar.

Qualquer problema, infecções ou outras complicações o paciente não terá o acompanhamento adequado, colocando em risco sua saúde.

 

– Em algumas clínicas estrangeiras os transplantes não são feitos por médicos

Por se tratar de uma cirurgia extremamente delicada e detalhista, o transplante capilar requer conhecimento especializado por parte do médico que irá realizar o procedimento.

O problema é que há várias denuncias de clínicas estrangeiras que realizam transplante capilar, que os procedimentos são realizados por assistentes e auxiliares, ou ainda por pessoas que não tem nenhum tipo de conhecimento ou formação na área.

Muitas clínicas estrangeiras agendam vários procedimentos no mesmo dia, e por isso, os procedimentos são feitos as pressas e sem o conhecimento e cuidado necessários.

Isso compromete seriamente os resultados, e dependendo do nível de danos causados por um transplante mal feito, não é possível reverter o quadro no futuro.

 

– Risco de contrair doenças e infecções

Como falamos anteriormente, muitas clínicas estrangeiras focam em atender o maior número de pacientes possível em um único dia.

Enquanto clínicas brasileiras no geral agendam um único transplante capilar por dia para garantir total atenção ao paciente, clinicas estrangeiras chegam a marcar procedimentos em até 15 pacientes num único dia.

As salas de operação são conjuntas, ou seja, mais de um paciente é atendimento ao mesmo tempo, com isso os riscos de contaminação e infecções é altíssimo.

Além disso, não há garantias em relação a qualidade e higiene dos equipamentos utilizados, sendo mais um fator de contaminação preocupante.

 

Quando pesamos os prós x contra de se realizar um transplante capilar em outro país chegamos à conclusão que é um grande risco a se correr, sem nenhuma segurança ou garantias de resultados.

As clínicas brasileiras devem atender a uma série de determinações estabelecidas pelos órgãos competentes, o que garante maior segurança e assistência aos pacientes.

Não vale a pena colocar a saúde em risco por uma falsa ilusão de “economia”, que pode acabar custando caro e trazendo grandes transtornos e danos irreversíveis.

Se você deseja saber mais sobre transplantes capilares entre em contato conosco!

Será um prazer atendê-lo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *